sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Sou de muitas famílias ... No Fórum Fronteiras Urbanas (FU)


Foram três dias. Três grandes DIAS, muito intensos!! Um programa inesquecível (a ver AQUI).

Descobri ao longo destes dias que sou de muitas famílias, que tenho a sorte, o privilégio, de pertencer a diferentes grupos sociais e de ter muitos amigos.

Foram as comunicações, de cá e do outro lado do oceano - tudo tão desafiante, tão interessante!! Gente que vem do Brasil, da Costa da Caparica, de Cabo Verde, de Lisboa, gente que vem da pesca, da venda ambulante, do trabalho doméstico, da educação social, da investigação, das artes (da dança, da pintura e da poesia) da educação, da arquitetura, do transporte de água, da agricultura, ... da subsistência ...

Gente que chora, que dança, que fala dos seus problemas, da água que têm que ir buscar a mais de 600 m. Gente que fala da investigação que faz. Participantes nas mesas redondas, amigos e amigas que se encontram, de infância, irmandades várias e cruzadas. Não só as da terra de origem, mas a de outras origens, de outros encontros e cruzamentos.

Comecei por ouvir algumas das comunicações do primeiro dia sobre "Mediação social e comunitária": A metodologia TANDEM, da Cova da Moura; o Diálogo Inter Religioso, como forma de mediação; A(s) Medição(ões) no FU - tudo muito vivido e refletido.

Participei depois nos workshops de saberes tradicionais: o do batuko, das danças ciganas, acabando com um momento de danças de roda, danças folk - que delícia foi.

No segundo dia começámos pela apresentação de projetos, sobretudo pelos projetos de aquitetura - estudos e ensaios de jovens estudantes arquitetos sobre o bairro, "Entre Projetos".

Seguiu-se um momento musical muito animado, e dançado, com a participação musical do Grupo Cultural e Desportivo do Banco de Portugal.

Na mesa redonda seguinte, a diversidade de participantes foi grande: uma coreógrafa; um representante do Gabinete de Urbanismo da Câmara Municipal de Almada (CMA); uma investigadora brasileira que veio contar como em Salvador uma comunidade piscatória, que sempre viveu junto ao mar, tem resistido à pressão imobiliária para ser deslocada; um arquiteto da Universidade Autónoma de Lisboa; e representante da comunidade do bairro. Foi um momento de grande emoção, mas também de grande contenção, onde foi lida uma carta já enviada à CMA, em 2008, pelo representante do bairro, colocando a questão da falta de água no bairro.

Depois do almoço continuaram as comunicações, tal como no dia anterior, e vieram depois os Círculos de Cultura (CC). Aquele em que estive presente, o dos educadores sociais foi de uma grande riqueza e diversidade: os quatro convidados falaram sobre o seu contexto profissional, mas propuseram também uma atividade prática de dinamização do grupo, que foi implementada.

Há pouco, pensando no que aconteceu neste CC, lembrei-me de Pessoa:

'Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.'

Fernando Pessoa

Vem a propósito da poesia vadia, dos lindos poemas distribuídos, no final do CC, para lermos uns aos outros. Foi outro momento mágico, perto do lago, antes de ir levar as amigas do Algarve à camioneta.

No último dia, aconteceu a conferência do Prof. Ubiratan d'Ambrósio - sempre uma delícia, seguida de uma mesa redonda sobre «Amor, Cultura de Educação: Caminhos de Liberdade». Da parte da tarde houve ainda uma outra mesa redonda sobre «Comigo, contigo e com o outro: Cidadania planetária, espiritualidade e educação». Temas fascinantes, pelos contributos inteletuais, mas também emocionais, pelas preocupações existenciais, pelo enraizamento, a encarnação - ninguém deixou cair a preocupação com a urgência de haver um ponto de água no centro do bairro, bem pelo contrário. Foi uma partilhar de questões que se prolongou e não mais teria fim.

Vieram, por fim, «As Aves Migratórias».


Este Fórum Fronteiras Urbanas / APOCOSIS, foi o culminar do projeto Fronteiras Urbanas (Ver o vídeo abaixo sobre o projeto FU)


Para saber mais: 

[Atualizado às 12h00, 3/8/2013]