quinta-feira, 7 de novembro de 2013

«A Paz», por Sidónio Muralha

Um poema sobre a Paz que encontrei numa partilha entre Educadores [@rca Comum]

A PAZ

... é o livro
que ensina
é uma vela
em alto mar
e é o cabelo
da menina
que o vento
conseguiu soltar.

E é o trabalho,
o pão, a mesa,
a seara de trigo,
ou de milho
e perto
da lâmpada acesa
a mãe que embala
o seu filho.

A Paz
é o oposto da guerra
é o sol,
são as madrugadas,
e todas as crianças
da terra
de mãos dadas;
de mãos dadas;
de mãos dadas.

Sidónio Muralha